28 de dez de 2014

Sobre a Polêmica das Mulheres Rodadas

Recentemente uma postagem de uma foto no Facebook com um homem portando um cartaz escrito "Eu não mereço mulher rodada" causou furor intenso em feministas e outras modernetes, sendo que originalmente essa foto nem tinha tal mensagem, não passando de uma montagem sobre a foto original; mesmo assim feministas e outras modernetes revoltaram-se em páginas e grupos do Facebook e começaram a atacar os homens que concordam com a campanha que surgiu após essa foto. Nesse momento surgiu a polêmica na qual os homens assumem seu direito de selecionar e rejeitar pretendentes, direito que mulheres tem assegurado socialmente, mas que quando homens usam tal direito a seu favor recebem forte retaliação de uma sociedade que privilegia mulheres nesse sentido. Nós apoiamos a campanha Eu Não Mereço Mulher Rodada" em suas páginas do Facebook e esse texto baseia-se nessa campanha e as feministas e modernetes em geral estão alimentando a polêmica com várias páginas e grupos em redes sociais com textos e fotos contra o direito masculino de selecionar e rejeitar pretendentes.

As mulheres de vida sexual ativa e promíscua costumam ser chamadas de "mulheres rodadas", esse termo se popularizou muito tornando-se um bordão social. Para muitos homens existem vários motivos para rejeitar uma mulher rodada, sendo inviável levá-las a sério, servindo apenas para sexo casual como qualquer modernete. Para saber mais sobre isso leiam meus outros textos sobre modernetes "Não Namore Modernetes" e "Nerds Como Plano B de Modernetes", pois as mulheres rodadas são modernetes.

Os homens que rejeitam as mulheres rodadas são negativados socialmente sendo chamados de "machistas patriarcais opressores", imaturos, inseguros, fracassados, frustrados, fracos e gays enrustidos, sendo que todas essas ofensas tem o objetivo de fazer com que o homem abra mão de seu direito de selecionar e rejeitar pretendentes para não ferir o ego das piores mulheres para relacionarem-se, nesse caso as nefastas mulheres rodadas. Na mente delas somente as mulheres tem o direito de selecionar e ser selecionadas, excluindo sem ser excluídas, isso é injusto, mas elas não admitem.

Eis uma lista de defeitos comuns em mulheres rodadas:
1- Seu egocentrismo as faz pensar que valem muito além do que realmente valem, fazendo-as sentirem-se superiores a maioria das pessoas.
2- Seu narcisismo as faz pensar que sua beleza lhes dá liberdade para atropelar a sociedade realizando seus objetivos mesquinhos.
3- Sua promiscuidade cria uma dificuldade de prosseguir com a monogamia.
4- Costumam ser vulgares e exibicionistas adotando diversos "carimbos de vadia" que deixam claro quem e o que elas são.
5- Costumam cobrar muito dos homens na medida que oferecem pouco como mulheres.
6- Vivem fazendo comparações absurdas para o homem atual como se ele fosse obrigado a saciar todas as suas exigências.
7- Vivem rivalizando com outras mulheres com quem podem "criar barracos" numa disputa por atenção e vantagens de homens.
8- Constantemente são hipergâmicas buscando incansavelmente por um homem destacado e idealizado como saciador de vontades.
9- Tendem a se inclinar ao feminismo, em especial quando perdem atrativos físicos e sociais, sendo rejeitadas por homens.
10- Sua moralidade é torpe devido ao passado devasso que alterou seus valores pervertendo sua mentalidade e comportamento.

Cálculo para avaliar se uma mulher é rodada baseado num vídeo do humorista Rogério Vilela:
Ela namorou e transou com 4 homens, em 10 anos, um casal faz uma média de sexo 3 vezes por semana multiplicado por 4 semanas do mês dá 12 transas por mês. Pegue 12 transas por mês vezes 12 meses e dá 144 transas por ano que multiplicadas por 10 anos dá 1.440 transas por década.
Uma transa dura em média 11 minutos e acontecem cerca de 400 penetrações por esse tempo, usando a média de que um pênis deve ter 15cm. Temos 400 penetrações multiplicadas por 15cm que dá 6.000cm de pau que multiplicados por 1.440 transas dá 8.640.000cm que convertidos para quilômetros dão 86,5km de pau! São 86,5km de pau, lembre disso...

Depois querem que os homens aplaudam isso, fica difícil mesmo.

- Reno Raines.
Dezembro/2014.

Nerds Como Plano B de Modernetes

Nerds são geralmente homens com inteligências e cultura acima da média com interesses específicos nos quais destacam-se. Eles costumam interessar-se e/ou criar gibis e HQs (histórias em quadrinhos), videogames, animes, mangás, RPGs (roleplaying games), jogos de tabuleiro, bonecos, miniaturas de veículos, jogos de cartas colecionáveis, fantasias e cosplay, festas à fantasia, combate com réplicas de armas brancas, quebra-cabeças, vertentes de artes e cultura e outras diversões mais focadas em intelecto em detrimento de um desinteresse e baixa aptidão para atividades físicas.
Entre tantos conhecimentos, habilidades, talentos e peculiaridades diversas que geralmente são mentais é comum que o nerd seja inepto ao lidar com vida social sendo rotineiro que apresentem timidez, retração, medo, insegurança, desconforto, inocência e desconhecimento de como lidar com pessoas, em especial as mulheres que os interessam, isso os torna alvos ideais para modernetes de todos os tipos e subtipos.

Os nerds tem a opção de escolher um dos seguintes caminhos em sua relação intrapessoal e interpessoal, sendo que o caminho escolhido mudará drasticamente sua vida em geral. Eis os caminhos:
1º Caminho do fracassado: Consiste em virar capacho para feministas e outras modernetes tornando-se um degenerado que fracassou como homem, sendo capaz de defender qualquer absurdo em troca de atenção, afeto, admiração e sexo, claro que tudo que ele receber são migalhas comparado ao esforço que ele faz. Esse é o caminho do conformismo, preguiça, baixo amor próprio, imaturidade e decadência.
2º Caminho do nerd expansível: Consiste em buscar ser autocentrado e consciente da realidade que o cerca buscando desenvolvimento pessoal rumo a autorealização, sendo esse caminho baseado em amor próprio, autoconhecimento, esforço, tentativa e erro, crença em si mesmo, determinação e coragem.

Os nerds costumam ser capachos de modernetes por ser dominados pelo romantismo, cavalheirismo, paixão e apego; as formas de enganação e irritação de modernetes tem efeitos devastadores nos nerds que apesar de ter intelectualidades falta neles a inteligência emocional para escapar e triunfar sobre elas. Geralmente eles queriam as modernetes ainda na adolescência enquanto elas beijavam e transavam com canalhas, cafajestes, playboys, valentões, pitboys, bandidos, drogadinhos e outros destacados que tem toda a macheza e testosterona que lhes falta, esses homens são o Plano A de casamento e procriação de modernetes, enquanto paspalhos intelectualizados tornam-se o seu Plano B. O tempo passa e esses homens destacados imprestáveis se destroem em farras de baladas, ostentação, brigas, crimes e vícios ou tomam rumo tornando-se profissionais dedicados, então os nerds evoluem profissionalmente montando uma vida estabilizada e produtiva com patrimônio, nesse momento as modernetes que o rejeitaram chegam a eles altamente rodadas podendo ter até filhos dos imprestáveis que as usaram no passado.

A falsa meritocracia afetivo-sexual para o nerd que evoluiu nos estudos e trabalho:
Mulheres imprestáveis encontram no nerd o idiota ideal para casarem e terem filhos ou simplesmente para criar os filhos de machos anteriores do Plano A, sendo provedores marionetes esses lerdos serão interessantes apenas quando as modernetes fracassarem em "prender" um macho destacado do Plano A. Os nerds pensam que seu sucesso nos estudos e trabalho lhes dará boas companheiras como meritocracia, mas na verdade eles se tornam os alvos mais fáceis para modernetes servindo de capachos para elas e a solução contra isso é a fuga da Matrix. Quando o nerd namora, noiva e casa com uma modernete ela tenta mudá-lo para que ele pare de se divertir como gosta para que viva em função dela, quando ela consegue tamanha anulação do homem ela o descarta humilhando-o, isso lembra bem uma frase da escritora e ensaísta americana Camille Paglia que diz: "As mulheres pedem aos homens que eles sejam o que não são e, quando eles se tornam o que não são, elas não os querem mais".

Invasão e contaminação feminista em redutos nerds:
O paspalho intelectualizado precisa rejeitar modernetes para não alimentar seu sistema sujo de parasitismo social tornando-se um macho consciente de seu valor e papel na vida, em especial deve evitar a entrada de feministas e outras modernetes em seus grupos de amizades, pois é muito comum que tais mulheres sabotem os grupos por meio de fofocas, intrigas, traições, manipulações e tentam rotineiramente fazer com que todas as atividades girem em torno delas ditando regras num jogo que é claramente masculino, no qual elas deveriam ser meras participantes. É o caso da famosa feminista canadense-americana Anita Sarkeesian criadora do site Feminist Frequency famoso por ser um site feminista que dita regras sobre a indústria dos videogames, Anita é conhecida por tentar ditar regras para a cena cultural dos videogames e constantemente cria confusões e desentendimentos por conta disso.

O nerd precisa virar o jogo das modernetes contra elas mesmas, por isso ele precisa evoluir evitando ser um capacho desprezível e deve firmar sua identidade protegendo seus redutos de invasões.

Reno Raines.
Dezembro de 2014.

9 de dez de 2014

Em Defesa do Machismo e do Patriarcado

Diferente do conceito maligno dito por feministas sobre o machismo ele é um apanhado das características masculinas, assim como o patriarcado prepara a sociedade para seu sustento e progressão, sendo ambos úteis para nossa civilização guiando-a para avanços notáveis ao longo de séculos. O feminismo combate o machismo e patriarcado por ser misândrico (adepto da misandria que é o ódio ao sexo masculino) e acusa os mesmos de serem formas de misógino (adepto da misoginia que é o ódio ao sexo feminino), mas isso não é verdade. O machismo e patriarcado protegeram as mulheres e levaram a civilização para onde estamos, coisa que o feminismo e matriarcado seriam incapazes de fazer gerando tudo que temos atualmente no Ocidente a custo de muitos esforços e sacrifícios ao invés de estagnar no tempo.
Feministas dizem que o machismo é a crença de que homens são superiores às mulheres e que isso gera uma opressão de homens contra mulheres afetando-as negativamente de diversas maneiras, elas alegam que o feminismo veio trazer a igualdade de direitos e oportunidades para mulheres na sociedade, mas isso não é verdade, essa é uma imensa mentira contada por feministas e repetida por adeptos do marxismo cultural; elas dizem que o patriarcado é o controle da sociedade, economia, política e outras expressões de poder pelos homens gerando a "opressão machista" que fere mulheres tornando suas vidas uma escravidão, novamente essa é uma enganação feminista, pois segundo o filósofo Marcus Valerio XR "o patriarcado é um sistema social onde a figura paterna é reconhecida e valorizada ao assumir a e ao assumir a responsabilidade por uma família, se torna inevitável que sobre a mesma tenha alguma autoridade, pois esses valores jamais podem ser desassociados sem produzir terrível injustiça".

O machismo que feministas falam tanto é completamente diferente do conceito verdadeiro do machismo, no qual elas reuniram os piores comportamentos de psicopatas e criminosos (de ambos os sexos) em um só conceito deturpado e falho acusando que esses são comportamentos masculinos, mas isso é extremamente desonesto e maligno; o patriarcado citado por feministas como a instituição social, econômica e política na qual os homens determinam os rumos da sociedade gerando uma forte opressão contra mulheres, de fato o patriarcado rege sociedades, mas a opressão que elas dizem não passa de vitimismo e oportunismo para promover uma inversão de poder chamada matriarcado onde as mulheres dominam a civilização.

O machismo e patriarcado originais é que ergueram e derrubaram impérios e civilizações em vários períodos históricos, já o feminismo e matriarcado são duas forças destrutivas e estagnadoras que não elevam a humanidade a nenhum patamar, tanto que as sociedades matriarcais são atrasadas em infraestrutura, ciências, tecnologia, legislação, moralidade, ética, planejamento, belicismo e outros parâmetros importantes para uma sociedade capaz de progredir fazendo com que vivam como tribos isoladas no mais profundo atraso em múltiplos setores como é o caso das seguintes sociedades matriarcais: a tribo indígena americana Hopi, a sociedade Mosuo no sudoeste da China, as aldeias Ede no Vietnã e outras tantas tribos matriarcais isoladas e atrasadas na África e Ásia.

Algumas características de um verdadeiro machista:
01- Ser racional e lógico para tomar decisões por vezes difíceis e drásticas por um bem maior, diferente do relativismo moral e determinismo cultural o homem deve buscar fazer o certo e não o conveniente.
02- Incentivar a buscar desenvolvimento pessoal para que evolua como um todo e dá noção que pessoas mais fracas devem ser poupadas e vingadas de ataques covardes e injustos.
03- Ser corajoso para realizar suas tarefas e trabalhos pesados, pois a vida não é fácil e precisamos de pessoas resistentes para vencer desafios para que a sociedade progrida.
04- Zelar e proteger a si mesmo e sua família, garantindo sua sobrevivência e a da família para consolidar a sociedade.
05- Criar resistência psicológica e emocional para saber lidar com crises ao invés de fazer vitimismo oportunista sobre as pessoas e situações.
06- Ser mais prático e centrado para fazer o que for necessário, buscando facilitar sua vida ao invés de se apegar ao desespero.
07- Permitir que o homem tenha seus momentos solitários para refletir, realizar suas atividades e para apreciar sua própria companhia.
08- Ajudar a calcular prioridades sem se apegar a futilidades e efusividades.
09- Assumir as consequências e responsabilidades por todos os seus atos sem posar de vítima e sem usar oportunismo.
10- Respeitar as pessoas e sua importância na sociedade incluindo o senso de hierarquia ao invés de adotar um caos social.
11- Valorizar as figuras masculinas heróicas e familiares agregando valor aos seus atos para as gerações futuras, sem elas nada seria possível.
12- Respeitar a importância das mulheres na sociedade sem qualquer ligação com os discursos feministas, mas sim pela essência feminina, diferente das monstruosidades feministas.
13- Arriscar-se para cumprir um grande objetivo, por vezes arriscando as finanças, patrimônio, saúde e até mesmo a própria vida.
14- Resistir aos problemas buscando uma solução para eles ao invés de afundar-se em desespero e histeria contraproducentes.
15- Buscar ter controle sobre si mesmo para poder controlar coisas e pessoas se necessário de acordo com os objetivos pessoais.

Esse machismo e patriarcado que conheço e citei é o conjunto que move nosso mundo, meu leitor, então não creia nas babaquices ditas por feministas sobre o que elas deturparam chamando de machismo e patriarcado, pois o masculino não é essa negatividade toda que elas dizem e todo esse veneno que feministas jogam sobre as características masculinas foi inventado para criar gerações de homens submissos e fracos incapazes de contestar e impedir toda a destruição que o feminismo promove contra a sociedade. Liberte-se do feminismo, não creia em todas as birutices delas, seja forte e seja também um machista patriarcal como eu me tornei.

Reno Raines.
Setembro/2014.

Mulheres Inadequadas e Pombos

Homens sérios, não aceitem namorar mulheres inadequadas como vadias, feministas, promíscuas, profissionais do sexo e ex-profissionais do sexo, vulgares e baladeiras. Esses são os piores tipos de mulheres para um homem se relacionar intimamente, e só servem apenas para sexo casual e nada além. Quem gosta de resto e migalhas é pombo e pombo só faz merda, portanto valorize-se, você não achou seu pau no lixo.

Reno Raines.
Agosto/2014.

Feliz Dia dos Pais

O Dia dos Pais é um dia especial para lembrar dos pais que se esforçam para fazer o melhor pelos seus filhos, que estudam e trabalham, que ensinam e aprendem com seus filhos, que os ajudam a ser pessoas independentes, que se respeitam e respeitam os outros e que são presentes na vida dos mesmos. Não acredito naqueles chavões populares de que pai sempre é nosso amigo e sempre quer nosso bem, pois existem maus pais, mas é para os bons pais que dedico essa postagem. É direito do pai ser presente na vida de seu filho e isso não deve ser negado quando o mesmo não é uma referência negativa na vida do filho.
É bom lembrar que a figura paterna é essencial na criação dos filhos, independente do que ideologias bizarras promovam para destruir a importância única de um pai na vida de seu filho, portanto o feminismo aliado a indústria do divórcio que promove a alienação parental com falsas acusações de violência e crimes sexuais pode mesmo tentar destruir a paternidade, mas não existe ex-pai e ex-filho, então esse é um elo que não se rompe mesmo com vários artifícios para isso.

A família não vai cair, o desejo mórbido e destrutivo de inimigos da família não vai vencer e o bom pai deve ser valorizado e lembrado, independente do que as mentes negativas falem e façam a verdade permanece e segue. Feministas muitas vezes dizem que a figura paterna é obsoleta e usam veículos de mídia para inserir essa mentalidade asquerosa, mas a verdade é que sem uma boa figura paterna as crianças ficam com uma formação emocional, mental, comportamental e axiológica incompleta e degradada afetando quem eles serão no futuro de maneira negativa. Em muitos casos as crianças sem figura paterna serão péssimos pais e mães, por isso ignore as babaquices feministas e acredite sim que o pai é importante na vida dos filhos.

Um abraço a todos os bons pais e aos seus filhos que fazem uma nova geração para esse mundo. Aos homens que não querem ter filhos que sejam bons filhos dentro do possível. Desejo que todos comemorem esse dia junto com seus pais e não deixem que nada e ninguém estraguem essa data.

Reno Raines.
Agosto de 2014.

Um Monstro Chamado Feminismo

O feminismo é a supremacia feminina misândrica disfarçada de um discurso de igualdade entre os sexos, sendo que isso é absurdo por homens e mulheres serem diferentes em termos físicos, biológicos, mentais e comportamentais, tornando esse discurso uma "Égua de Tróia" que engana e convence muitas pessoas. Quem estudar o feminismo notará como essa ideologia é nociva e que atrapalha toda a sociedade sabotando homens e até mesmo as mulheres. O feminismo não consegue construir, ele foi criado e sustentado para destruir a sociedade em que vivemos.

O feminismo sustenta-se de:
1- Enganações: mentiras, contradições, deturpações, falácias, fraudes, enganações, torpezas e charlatanismo.
2- Negatividades: má índole, traumas e transtornos mentais, instabilidade e desequilíbrio, perversão, sadismo, fanatismo, agressividade, amoralidade, decadência, incivilidade, desproporcionalidade, desigualdade, demência, paranóia, histeria, desrespeito, e insanidade.
3- Comportamentos inadequados: irresponsabilidade, inconsequência, promiscuidade, vulgaridade, libertinagem, prostituição, fofocas, intrigas, inversão de culpa e responsabilidades, jogos emocionais diversos e chantagens emocionais e sexuais.
4- Mentalidades inadequadas: relativismo moral, determinismo cultural, inversão e perversão de valores, favoritismos, utilitarismo, sexismo, desejo de censurar os outros, manipulações diversas, ideologia de gênero e falsa sororidade.
5- Crimes: falsas acusações de agressão e estupro, desvio de culpa e responsabilidades por meio de acusações, vandalismo, lesão corporal, assassinato, usurpação de bens, dano patrimonial, alienação parental, destruição de famílias, e até mesmo terrorismo.
6- Misandria: a misandria é o ódio contra o sexo masculino e muitas feministas tentam se parecer com homens enquanto combatem o sexo masculino.

Muita gente defende mentiras como se fossem verdades e essa é uma verdade censurada pelas "defensoras da liberdade" que querem fazer uma ditadura sexista misândrica baseada em vitimismo oportunista. As feministas são as primeiras a falar em liberdade e são as primeiras a censurar quem vá contra elas.
Faça o teste: irrite uma feminista e conheça quem ela realmente é, você irá se surpreender ao notar que ela pode ser tudo de podre que citei acima.

Reno Raines.
Maio/2014.

Não Namore Modernetes

Modernetes são tipos de mulheres modernas completamente inviáveis para namoro, sendo muitas delas influenciadas pelo feminismo exposto na mídia e sociedade, possivelmente são resultado da falta de uma família ajustada; modernetes costumam ser egocêntricas, narcisistas, libertinas, desiguais, devassas e contraditórias. Muitas mulheres querem o monopólio da seletividade e exclusão de pretendentes, então quando um homem ou mais homens rejeitam vários tipos de vagabundas altamente comuns nesses tempos decadentes elas sentem uma dor e tem as seguintes atitudes para destruir o direito masculino de escolha e rejeição de mulheres:
1- Dizer que o homem seletivo que se valoriza é machista, patriarcal, ultrapassado, preconceituoso e otário para tentar ofendê-lo para aceitar modernetes.
2- Dizer que ele é gay, na tentativa de ofendê-lo para que prove macheza relacionando-se com uma modernete.
3- Negar que existam mulheres fora dos padrões modernetes para que as aceite.
4- Direcionar o defeito da mulher para o homem ridicularizando e diminuindo-o.

Observem na sociedade quando uma mulher é seletiva e quando um homem é seletivo. Exemplos claros de uma desigualdade social amplamente negada mas facilmente revelada por mera observação comportamental:
1- Mulher seletiva exclui homens de suas opções de pretendentes.
Reação da sociedade: chamam a mulher de independente e poderosa, sabe se valorizar, não aceita restos, vitoriosa, segura e decidida.
2- Homem seletivo exclui mulheres de suas opções de pretendentes.
Reação da sociedade: chamam o homem de machista patriarcal opressor, gay enrustido, otário, fresco, inseguro e fracassado.
Modernetes falam de igualdade, mas na sociedade como em qualquer outro campo da humanidade isso é uma grande farsa. Elas querem selecionar e ser selecionadas e querem excluir sem poder ser excluídas, o que é desigual e injusto por completo.

Normalmente mulheres não sabem lidar de forma sadia em relação a rejeições, isso fere seu ego e auto-imagem, sendo comum que várias mulheres vinguem-se de forma desproporcional e intensa quando um homem que desejam não as deseja.
O homem seletivo sabe seu valor e não é idiota de assumir uma modernete, ele é consciente da desonra e danos que esses tipos de mulheres podem causar a sua vida, por isso as usa apenas para sexo casual e não tem amizade com elas, muito menos é capaz de namorar, noivar, casar e ter filhos com elas.
Ele (homem sério) ignora o mimimi e blablablá de mulheres simpatizantes das modernetes e modernetes feridas pela exclusão que querem o monopólio da seletividade e exclusão afetivo-sexual e colabora contra os tipos lixosos de mulheres modernas imprestáveis para relacionamento sério.

Pensando nos tipos de vagabundas mais comuns eu vou definir quem elas são e o que são. Eis a lista:
Os 14 Tipos de Modernetes:

1- Feministas:
São mulheres que rejeitam a feminilidade e buscam a supremacia feminina misândrica, fracassaram como mulheres e para elas os homens são meros capachos, marionetes, ferramentas, vidas descartáveis, escravos e inimigos; sua ideologia e comportamento são insanos, capazes de pensamentos e atos repulsivos e incapazes de ser boas companhias, por tender a ser psicopatas simpatizantes e até militantes do comunismo, socialismo, gayzismo, ideologia de gênero, pacifismo desarmamentista, negrismo cotista e outras aberrações ideológicas de esquerda. Feministas são o pior tipo de modernete que existe e costumam ter família desestruturada fazendo com que muitas vezes elas sejam um estorvo, portanto evite-as.

2- Vadias:
São mulheres egocêntricas, individualistas, com complexo de superioridade e muito espertas que tiram proveito dos homens de forma financeira, patrimonial, emocional, social e sexual enganando-os e traindo-os de diferentes formas causando danos imensos e usurpando o que puderem levar, são mestras da enganação e da chatice. Por vezes seus atos e manipulações levam o homem apaixonado e apegado a miséria e até mesmo a cometer homicídios e pode levá-lo ao suicídio, caso isso ocorra ela buscará novos alvos para repetir o mesmo padrão de manipulações. Todos os seus sentimentos primários na verdade derivam do egocentrismo sendo capazes de quebrar qualquer regra e limite em nome de seus objetivos, vivem a mais pura teatralidade e possivelmente são psicopatas e sociopatas.

3- Profissionais do Sexo:
São strippers, massagistas sexuais, prostitutas e atrizes pornôs, vivem a promiscuidade profissional e costumam ter carência emocional, ciúmes, insegurança, possessividade e agressividade perante o medo de "perder" o homem que "amam" podendo cometer atos insanos ou mesmo crimes passionais. Ao mesmo tempo que usam o sexo como meio de sustento costumam ser outro tipos de modernetes simultaneamente, sendo comuns os alinhamentos de vadia, piriguete, exibicionista, viciada, barraqueira, mãe solteira golpista e amiga de gays e bissexuais.

4- Piriguetes:
São baladeiras que vestem-se de forma vulgar e exibicionista, costumam ser parecidas ou idênticas a profissionais do sexo no modo de vestir, comportar-se, falar, andar e assim por diante e vendem sexo por bebidas, caronas de moto e carro, beleza e formas de poder do homem podendo contrair e transmitir DSTs e são prostitutas sociais que querem ganhar vantagens dos homens o tempo todo por sua beleza e justamente por causa da beleza elas tem rivais ou mesmo inimigas mortais por motivos fúteis de concorrência.

5- Exibicionistas:
São mulheres que vestem-se de forma vulgar e exibicionista que produzem material erótico e pornô amador para mostrarem a homens, sendo vergonhoso assumir uma mulher que se expõe dessa forma e possivelmente é promíscua e piriguete. Elas costumam ter mais amigos que amigas, pois gostam de fornecer conteúdos eróticos e pornográficos a eles, assim alimenta seu ego recebendo atenção masculina; mulheres que as observam geralmente identificarão ou criarão defeitos físicos na exibicionista por inveja, recalque, rivalidade, concorrência ou de fato a exibicionista não é tão bela quanto pensa.

6- Machonas e bissexuais:
São mulheres que incomodam por não ter a feminilidade completa, podendo agir como homens cortando o tesão, tendem a ser feministas, vadias, profissionais do sexo, piriguetes e outras modernetes. Seu comportamento masculinizado incomoda demais aos homens que apreciam mulheres femininas.

7- Viciadas:
São mulheres dependentes de álcool, cigarro, drogas alucinógenas e outras coisas maléficas ao corpo causando problemas a si e para o homem que as assume com seus traumas, transtornos, maus comportamentos, agressividade, dependência emocional, decadência e outros tantos males. Para alimentar seus vícios muitas viciadas tem vida promíscua, vendem sexo, envolvem-se com o crime organizado e podem ser namoradas de bandidos gerando perigo a si mesmas e aos homens que as levarem a sério.

8- Barraqueiras:
São mulheres mal educadas, geralmente de baixo nível de instrução, falam alto, gritam, xingam, são vulgares e que gostam de confusões e brigas causando vergonha alheia e problemas para o homem. Podem ser grandes boêmias e baladeiras que lutam fisicamente com suas semelhantes por um homem destacado em seus redutos festivos. Elas criam muitos problemas podendo arruinar relações de família, amizades e contatos de trabalho devido ao comportamento irresponsável, inconsequente, insano e agressivo que as faz ser péssimas companhias.

9- Falsas Santas:
Geralmente são mulheres religiosas e tradicionalistas conservadoras muito buscadas por homens conservadores tradicionalistas, elas sonham em casar e ter filhos com um homem provedor. Como a santidade não existe tais mulheres muitas vezes ocultam uma personalidade e comportamento tóxico, costumam ter forte atração sexual por líderes religiosos de sua religião podendo se insinuar ou ofertar sexo a eles, sua aparência discreta pode esconder uma devassa completa e pode se enquadrar em outros tipos de modernete.

10- Mães solteiras parasitas:
São mulheres que tiveram vida sexual libertina e promíscua, engravidaram e muitas nem sabem a paternidade de seus fildhos e vivem em busca de um otário provedor que sustente ela e seus filhos, podem aplicar alienação parental contra os pais de seus filhos e podem usar a paternidade sócio-afetiva contra os capachos posteriores vivendo de pensão de homens parasitando-os o quanto puderem, sendo amparadas por leis favoritistas da indústria do divórcio e pensão alimentícia que promove a alienação parental e extorsão financeira institucionalizada pelo feminismo.

11- Membros de torcidas organizadas:
São mulheres que amam seu time e costumam viver rodeadas de homens, no calor da torcida podem beijar e transar com muitos homens, sendo comum oferecerem sexo a torcedores, jogadores e outros homens do futebol, podendo participar de festas privadas (orgias) desses homens.

12- Membros de sites e redes sociais de promiscuidade:
Nesses sites e redes sociais as mulheres mais inadequadas costumam fingir ser boas mulheres para namorar, mas esses locais são antros de feministas, vadias, profissionais do sexo, piriguetes, exibicionistas, viciadas, barraqueiras, mães solteiras parasitas e outras tranqueiras em busca de sexo casual e namoro com otários que as assumam.

13- Mulher com muitos amigos capachos:
Mulheres com muitos amigos capachos possuem ego inflado por eles, por vezes possuem brincadeiras sacanas como bolinações, abraços por trás, beijos roubados, sentadas no colo, tapas e apertões na bunda etc., talvez até mesmo role e sexo caso o amigo capacho seja atraente. Provavelmente essa mulher diverte os amigos sexualmente e tais amizades sabotam namoros.

14- Mulher com muitos amigos gays e bissexuais:
Geralmente os amigos gays e bissexuais inflam o ego das mulheres e as induzem a viver de forma promíscua, exibicionista, vulgar, libertina e autodestrutiva estimulando-as a ser devassas decadentes.

O homem deve observar muito as mulheres evitando os tipos citados, deve focar-se na índole da mulher reparando seus ideais, valores, costumes, objetivos, estilo de vida, comportamento e como ela o trata. Uma mulher que não tem valor não merece ser valorizada, isso é factual e deve ser levado em consideração.
Cada homem que boicotar esses tipos de vagabundas ajuda a melhorar a sociedade virando o jogo sujo das mulheres modernetes contra elas mesmas. Péssimas esposas viram péssimas mães (quando o casal decide ter filhos) e geram mais degenerados para contaminar a sociedade criando gerações perdidas e diferentes parasitas sociais espalhados por todos os cantos.

Homem, entenda que se você é sério tem que se valorizar pois quem gosta de migalhas e restos não é homem, é pombo. A verdade dói para quem se nutre de enganações e vem à tona como o corpo de um afogado em um rio.

Reno Raines.
Novembro de 2014.

Nerds Como Plano B de Modernetes

Nerds são geralmente homens com inteligências e cultura acima da média com interesses específicos nos quais destacam-se. Eles costumam interessar-se e/ou criar gibis, HQs (histórias em quadrinhos), videogames, animes, mangás, RPGs (roleplaying games), jogos de tabuleiro, bonecos, miniaturas de veículos, jogos de cartas colecionáveis, fantasias, cosplay, festas à fantasia e outras diversões mais focadas em intelecto em detrimento de um desinteresse e baixa aptidão para atividades físicas. É comum que o nerd seja inepto ao lidar com vida social sendo rotineiro que apresentem timidez, retração, medo, insegurança, desconforto, inocência e desconhecimento de como lidar com pessoas, em especial as mulheres que os interessam, isso os torna alvos ideais para modernetes de todos os tipos e subtipos.

Os nerds costumam ser capachos de modernetes por ser dominados pelo romantismo, cavalheirismo, paixão e apego. As formas de enganação e irritação de modernetes tem efeitos devastadores nos nerds que apesar de ter intelectualidades falta neles a inteligência emocional para escapar e triunfar sobre elas. Geralmente eles queriam as modernetes ainda na adolescência enquanto elas beijavam e transavam com canalhas, cafajestes, playboys, valentões, pitboys, bandidos, drogadinhos e outros destacados que tem toda a macheza e testosterona que lhes falta, esses homens são o Plano A de casamento e procriação de modernetes, enquanto paspalhos intelectualizados tornam-se o seu Plano B.

O tempo passa e esses homens destacados imprestáveis se destroem em farras de baladas, ostentação, brigas, crimes e vícios ou tomam rumo tornando-se profissionais dedicados, então os nerds evoluem profissionalmente montando uma vida estabilizada e produtiva com patrimônio, nesse momento as modernetes que o rejeitaram chegam a eles altamente rodadas podendo ter até filhos dos imprestáveis que as usaram no passado.

Mulheres imprestáveis encontram no nerd o idiota ideal para casarem e terem filhos ou simplesmente para criar os filhos de machos anteriores do Plano A, sendo provedores marionetes esses lerdos serão interessantes apenas quando as modernetes fracassarem em "prender" um macho destacado do Plano A.

Os nerds pensam que seu sucesso nos estudos e trabalho lhes dará boas companheiras como meritocracia, mas na verdade eles se tornam os alvos mais fáceis para modernetes servindo de capachos para elas e a solução contra isso é a fuga da Matrix. Quando o nerd namora, noiva e casa com uma modernete ela tenta mudá-lo para que ele pare de se divertir como gosta para que viva em função dela, quando ela consegue tamanha anulação do homem ela o descarta humilhando-o.

O paspalho intelectualizado precisa rejeitar modernetes para não alimentar seu sistema sujo de parasitismo social tornando-se um macho consciente de seu valor e papel na vida. O nerd precisa virar o jogo das modernetes contra elas mesmas.

Reno Raines.
Dezembro de 2014.

27 de mai de 2014

Honre Seu Sexo

Homem, honre o pau e bolas que você tem e nunca rasteje por ninguém. Quem se humilha acaba pisoteado.

Reno Raines.
Maio de 2014.

A Falsa Felicidade e Prisão das Feministas

O feminismo costuma dizer que "liberta" mulheres mas defende comportamentos nocivos e viciosos como a vulgaridade, promiscuidade, vadiagem, libertinagem e masculinização que é vendida como "liberdade" enquanto sustenta um sistema de supremacia feminina misândrica.
As feministas costumam se dizer felizes e livres em sua condição de seguidoras de ideologias nefastas, mas isso é uma máscara fácil de quebrar assim que percebemos que todos esses comportamentos que traçam seu estilo de vida são uma prisão na qual elas mesmas escolheram entrar.

É comum perceber feministas apresentando problemas sérios como:
1- Traumas e transtornos mentais: geralmente causados por problemas familiares na infância e adolescência, falta de estrutura familiar, ambiente familiar violento, rejeições masculinas, impopularidade social e outras causas.
2- Carências afetivas e sexuais: geralmente causadas por desejos não realizados de fantasias românticas desconexas com a realidade e com seus próprios desejos contraditórios.
3- Distúrbios alimentares: é fácil encontrar feministas obesas e obesas mórbidas que reclamam contra o padrão de beleza.
4- Total desleixo estético: muitas feministas são feias e não cuidam de seus corpos, isso as mantém feias e repelentes.
5- Tristeza: o conjunto de fracassos pessoais as torna sem amor e respeito próprio criando uma tristeza notável.
6- Depressão: ocorrida pelo agravo da tristeza e outros quadros associados.
7- Péssima relação com o sexo oposto: é comum que feministas não tenham empatia e simpatia pelo sexo masculino, tornando-se desinteressantes para a maioria dos homens.
8- Presença incômoda: é perceptível como feministas problemáticas costumam afastar as pessoas devido a seu comportamento e mentalidade desagradável.

Não falo sobre todas as feministas, algumas feministas podem ser distantes desses conceitos que eu defini, mas é fácil encontrar mulheres feministas que se encaixam nesse estereótipo. Logo elas dirão que isso tudo que escrevi é culpa do "machismo patriarcal opressor" ou dirão qualquer outra sandice padronizada de seus discursos prontos.
Não é preciso ser advinho para saber que destinos agonizantes o feminismo reserva a suas adeptas, a realidade já basta para prever a infelicidade da prisão mental feminista.
Ei, mulher, se você é feminista e leu esse texto ainda existe tempo para largar essa mentalidade e ser uma mulher melhor com uma vida melhor.

Reno Raines.
Maio de 2014.

12 de jan de 2014

Carros Maquiados e o Feminismo

O feminismo é igual a um carro usado aparentemente bom, mas cheio de defeitos que alguém muito safado quer maquiar (disfarçar defeitos estéticos e mecânicos) para enganar um trouxa e vender.
Você conhece o vendedor, ele faz uma grande propaganda explicando sobre como é vantagem comprar o carro, você acredita em todo o papo furado do vendedor e é ludibriado. Pensa que comprou algo bom e útil, não conhece seus defeitos por eles serem escondidos e no final você se dá muito mal levando um prejuízo.
Fique esperto! O feminismo é apenas um carro maquiado, logo que você pesquisa descobre tudo que não presta nele.

Reno Raines.
Janeiro de 2014.

10 de jan de 2014

Domingo Comum de Uma Farrista Decadente

A farrista decadente é chamada por muitos da Real pelo apelido de "balzaca", mas esse termo para mim não é agradável já que existem mulheres na faixa dos 30-50 anos muito interessantes. Esse tipo obviamente é um dos muitos monstros femininos criados pelo bizarro e inconveniente feminismo misândrico. A farrista decadente é uma mulher que antes de chegar aos 30 anos foi promíscua e se entregou a libertinagem, é aquela que foi vadia ao usar e descartar homens como um canalha faz com mulheres sérias, que provocou e esnobou muitos, que se deixou usar por canalhas e que após os 30 anos sente o peso do seu passado e paga o alto preço pelos seus atos.
Ela pode tentar remendar a si mesma sem sucesso, pois de tão contaminada pelo passado raramente se tornará em uma mulher digna de investimento afetivo e sexual num relacionamento sério. Ainda pode ser que ela consega um mangina estilo CSP (capitão salva-putas) que seja carente e fracassado a ponto de assumí-la como namorada, mas para isso ela vai ter que se esforçar caso não tenha beleza e atrativos auxiliares o suficiente para atrair esses derrotados.

Eis os hábitos comuns de um domingo de uma farrista decadente:
1- Assistir filmes, séries de TV e livros, ambos românticos cheios de melação e fantasias de perfeição e eternidade.
2- Beber bebidas alcoólicas e fumar muitos cigarros na presença de 10 gatos que ela cria (criar animais é bom, mas o foco nessa situação é a carência afetiva).
3- Comer um pote de sorvete, ou um balde de pipoca com refrigerante sozinha em frente à televisão.
4- Ver fotos e presentes de ex-namorados que ela pisou e que hoje estão felizes sem ela e fotos de baladas fúteis onde ela era disputada.
5- Chorar não por saudade dos homens que estão fora de sua vida, mas por ter o ego ferido sem chance alguma de revanche.
6- Usar uma roupa broxante e velha em casa o tempo todo, de preferência um pijama de moletom surrado e puído.
7- Pensar que seu "poder e independência" feminista são uma farsa e ocultar isso de todos.
8- Chorar 30ml ao longo do dia e dormir chorando por carência e arrependimento.

A farrista decadente pode ser uma mãe solteira com ou sem DSTs, pode ser que queira casar e ser mãe e tem dificuldades em arrumar namorado, tendo que se contentar com homens que ela considera inferiores, entre eles os manginas e miguxos, já que ela não tem condições de disputar com mulheres melhores que ela em vários sentidos.
Esse tipo de mulher não é uma mulher que apenas passou dos 30 anos, seria idiota se pensássemos que apenas o fator idade desvaloriza a mulher, mas o seu passado devasso e inconsequente é que a joga no esterco. 
Então, se você conhece uma mulher decadente assim não seja amigo dela e nem a namore, ignore esse tipo que não passa de um saco de problemas para elas e para você.

Reno Raines.
Dezembro de 2013.

Dois Pesos e Duas Medidas das Modernetes

Vamos pensar numa situação comum com pessoas de sexos diferentes cometem o mesmo erro grave, e a situação é assim:
1- Quando um homem comete um grande erro a mulher pode apontar o erro e repreender de forma bem pesada, assim ela será taxada de "poderosa e independente" fazendo o que quiser sem assumir responsabilidades e consequências de seus atos.
2- Quando uma mulher comete um grande erro o homem não pode apontar o erro dela e repreendê-la nem sendo educado e sincero, senão será taxado de "machista, misógino, sexista e opressor" fazendo-o ser vilão numa sociedade cada vez mais favoritista ao sexo feminino.

Essa é a sociedade "igualitária" que o feminismo quer: tornar as mulheres num "Superman sem fraqueza pela kriptonita"*, estando acima do bem e do mal para fazer o que quiserem, como se as mulheres fossem crianças mimadas por pais frouxos sem noção alguma de certo e errado e com relativismo moral e valores deturpados para sustentar seus comportamentos inadequados.

* li essa expressão de um confrade fora da real, mas serve bem para essa parada aí.

Reno Raines.
Janeiro de 2014.

A Desigualdade da Crítica dos Comportamentos Nocivos

Em nossa sociedade cada vez mais contaminada pelo feminismo supremacista misândrico pode-se falar mal do comportamento masculino, é normal e aceito, mas tentem falar mal do comportamento feminino e terão um tabu e uma censura ferrenha. Pensando assim é fácil perceber como quem critica severamente as piores condutas femininas é chamado de "moralista", posso até citar uns exemplos:
1- Uma mulher casada posta fotos vulgares expondo seu corpo e seu marido reclama.
Efeito: manginas e vadias irão reclamar pelo marido ter repreendido a esposa.
2- Uma mulher posta fotos ou vídeos de sua nudez e/ou ato sexual na internet e depois quer processar quem compartilhar o material pornográfico amador.
Efeito: manginas e vadias culparão algum homem pelos erros da mulher criando uma transferência de culpa com vitimismo.
3- Uma mulher termina o relacionamento com um homem que se dedicou a ela e a mesma por ingratidão e maledicência ela passa a mandar indiretas e mensagens ofensivas para esse homem na internet.
Efeito: Manginas, vadias e pessoas mal informadas apoiarão a mulher mesmo que seja óbvio que ela está errada.
4- Uma mulher tem um bom marido e se compromete a assumir a parte que lhe cabe em responsabilidades e cumprimento de regras do relacionamento, mas ela descumpre essas regras para obter vantagens egocêntricas ferindo os sentimentos do companheiro.
Efeito: Vadias, canalhas e manginas apoiarão as traições da mulher por ela ser mulher e associarão seu comportamento a uma falsa "fuga da opressão machista".

Seguindo esse pensamento, as pessoas capazes de raciocinar, quando colocadas diante de uma opção boa e outra ruim, farão a escolha boa esperando obter o melhor resultado pra si, escolher a opção ruim denota estupidez e escolher a opção ruim esperando obter o melhor resultado, denota insanidade mental, então se ajudarmos a promover uma sociedade onde as pessoas são amordaçadas e não se pode apontar uma opção como sendo ruim, promovemos os estúpidos e os malucos ao mesmo patamar das pessoas capazes de raciocinar, o que cedo ou tarde vai resultar em deterioração social. Ter senso de moralidade é útil e essencial, pois a ética e moral formam um bom cidadão, portanto a exclusão desses elementos torna as pessoas degradadas a ponto de perderem a noção completa de civilidade.

Refletindo o quadro atual entre homens e mulheres:
Existem sim os homens de valores e índole torpes, são os canalhas que tem os piores comportamentos possíveis para obter vantagens sexuais, sociais, financeiras e materiais, mas é comum que quando confrontados com seus erros os homens admitam suas falhas e até pensem em se corrigir, pois nem é tabu confrontá-los em seus deslizes de variáveis tamanhos, mas tentem fazer a mesma confrontação com uma mulher vadia que ama viver alucinadamente sem freios e terá um discurso batido de "machismo opressor" e outras bobagens que cansam qualquer pessoa capaz de notar que essa conversinha de "opressor e oprimido são um monte de chatices favoritistas para minorias vitimistas e oportunistas. É importante dizer que as regras morais são válidas para homens e mulheres e não se deve favorecer um lado e desfavorecer outro como o feminismo costuma fazer com seu discurso fraudulento de igualdade entre os sexos, a crítica mesmo é sobre a cultura misândrica que tem favorecido mulheres com o avanço do feminismo criando uma censura e ditadura feminina.

Essa desigualdade da crítica aos comportamentos nocivos vem do crescimento do feminismo que defende as liberdades das mulheres serem completamente inconsequentes e desprovidas de freios morais, isso trás na bagagem o relativismo moral, degradação moral, vulgaridade, libertinagem, transferência de culpa e vitimismo, onde só se pode falar mal do homem, exatamente criando o efeito de "dois pesos e duas medidas". Somando toda a bagagem social supracitada tudo isso não vai gerar nada de útil e benéfico para a sociedade e só sustentará a vadiagem e canalhice, afundando a sociedade numa torpeza antes pensada como fantasia hilária e que vem se tornando uma realidade altamente perigosa.

Reno Raines.
Janeiro de 2014.

31 de dez de 2013

Liberdade de Vestir


Tom Feminista

Quando uma mulher vier com esse papo furado que vai usar o "tom de voz feminista" com você seja educado e discreto e saia de perto, invente qualquer coisa mas não discuta. Não a deixe te causar maus sentimentos, fique leve ou finja que não se afetou, senão ela notará sua sensibilidade e vai vencer um jogo emocional onde ela tende a saber jogar. Evite mulher chata que fica arrumando confusão, fuja dessas feministas amargas.

Reno Raines.
2013.

18 de dez de 2013

Espertos e Otários


Roupa Não Define Caráter


Matemática do Feminismo


Falsa Santinha


Papagaio Feminazi


Manginas São Homens Inferiores

 
Os manginas não são só machos inferiores e submissos que concordam com feministas e vadias em quase todas os comportamentos inadequados e absurdos na tentativa de obter sexo casual e namoro, esse tipinhos rastejantes que se humilham são traidores do sexo masculino por sabotarem outros homens para conquistar atenção e admiração de mulheres que não valem nem uma "rapidinha". É frequente o gosto vicioso por masturbação e pornografia entre os manginas, falo de ser um gosto vicioso por eles costumarem exceder-se nas masturbações na tentativa de amenizar seus fracassos emocionais e sexuais por ser indesejados e rejeitados pela maioria das mulheres. A maioria das mulheres os identificam como péssimos pretendentes, tanto que de tão fracos nem as feministas e vadias bajuladas por eles os querem, sendo comum que eles só consigam carinhos e sexo das mais fracassadas e feias delas.

Homens capachos sustentam o feminismo e a vadiagem feminina, por viverem na Matrix eles toleram e apoiam os piores comportamentos e até tem medo de discordar e de contrariar metas e projetos das mesmas. Essas vagabundas só continuarão tendo algum "poder" graças a seus idiotas úteis, nesse caso os fracotes dos manginas, pois bem sabemos que essa conversa de "mulher poderosa e independente" é uma fraude feminista baseada em criar um mito no qual elas não dependem dos homens, enquanto na verdade dependem de homens para praticamente tudo. Esses movimentos precisam dos homens em todos os sentidos (apoio emocional, apoio financeiro, defesa física delas, homens poderosos dando poderes a elas, homens pagando contas e assim por diante), tanto que quando sentem reprovação de quase todos os homens ou mesmo de todos elas se sentem fracas e começam a usar de mimimi, jogos emocionais, vitimismo, choradeiras, transferência da culpa, relativismo moral, chantagens emocionais, chantagens sexuais e muita desonestidade intelectual.

Cada ex-mangina que virar um homem de verdade é menos um ponto para o falso poder de vadias e feministas, cabe a cada realista tentar conscientizar os manginas abertos a conversas para salvá-los de si mesmos antes que copiem os piores comportamentos e se tornem amorais. Não existe homem feminista, tanto que existem várias feministas zoando esses otários que as servem como machos inferiores. Em caso de se identificar com esse texto tome uma atitude por si mesmo e mude essa postura, vira homem, porra!

Reno Raines.
2013.

3 de nov de 2013

Vadias em Redes Sociais e Sites de Paquera

Essas são algumas fotos de vadias de redes sociais como Facebook, Badoo e outras. Prestem atenção nos textos... a vadiagem é clara, só tontos não a percebem.

Reno Raines.
2013.

11 de out de 2013

Ela Só Quer Festa

 
Mulheres baladeiras que gostam de baladas de beijação, bailes funk, micaretas, pagodes, forrós e sertanejo universitários e shows de cantoras ditas como "divas" rebolativas só podem lhe oferecer infidelidade, promiscuidade, mentiras, jogos emocionais, chantagens emocionais e sexuais, desvalorização de sua identidade, DSTs e elas podem até ter gravidez de pai desconhecido. Vadias exibicionistas e vulgares gostam de mostrar-se e badalar para disputar atenção masculina com outras mulheres alimentando seus egos imensos.
Essas vagabundas dirão que sua implicância com o gosto delas por essas festas não tem fundamento, que você está sendo preconceituoso, antiquado, bobo, infantil, imaturo, inseguro ou qualquer outra coisa, mas a verdade é que elas querem te fazer de otário enquanto caem na libertinagem. Elas serão relativistas morais e não assumirão que seus comportamentos são errados pois se algo lhes dá vantagens e prazeres passa a ser "certo" em suas cabeças, portanto evite esses tipos.

Reno Raines.
2013.

23 de ago de 2013

Vadias Roqueiras

Somente os mais idiotas pensam que roqueiras não são vadias como as funkeiras, pagodeiras, micareteiras, sertanejas universitárias, forrozeiras universitárias e tantas outras membros de tribos urbanas musicais. Entre as roqueiras existem as headbangers, punks, góticas e várias outras denominações, mas no geral é fácil encontrar vadias com o mesmo tipo de comportamento entre elas.
A vadiagem das roqueiras segue um roteiro mais ou menos assim:
1- Elas são "groupies" de bandas doidas para transar com os membros das mesmas, não colaborando nada com a cena artística.
2- Costumam ser alcoólatras podendo beber demais passando vergonha ao vomitar por quantidades excessivas de ingestão etílica.
3- Costumam ser fumantes e maconheiras e até usuárias de chá de cogumelos, cocaína,  LSD, ácido, antidepressivos, estabilizadores de humor,  e anfetaminas.
4- Podem ter atitudes promíscuas e vulgares como mostrar os seios e bunda para chamar atenção.
5- Podem oferecer seu corpo para ser apalpado e bolinado em troca de álcool, cigarros e drogas.
6- Gostam de ter tatuagens e piercings em áreas indecentes para ter motivo para exibir o corpo.
7- Assim como as feministas confundem liberdade com libertinagem.
8- Muitas gostam de exaltar sua promiscuidade e vícios como se fosse algo lindo.
9- Por conta de muita promiscuidade e até participação em orgias podem contrair DSTs.
10-Costumam falar mal de outras vadias como se elas não fossem igualmente libertinas.
Tem uma pá de roqueiros e headbangers entre tantos dessas tribos que falam mal das vadias de outras cenas, enquanto sua cena está lotada de vadias do mesmo nível ou até piores. Essa é a realidade, o resto é conversa para agradar babaca.

Reno Raines.
2013.